sábado, 31 de dezembro de 2011

Novas oportunidades.


É, mais um ano acabando e você finalmente cai em si de que muitos planos não foram realizados; muitos projetos foram desfeitos; sonhos se tornaram inalcançáveis... Mas, você sempre começa a ser tomado por uma certa esperança; começa a criar novos planos e fazer novos projetos... pra se decepcionar novamente, ou não.
A verdade é que talvez a sorte não esteja comigo. A verdade é que eu fiquei um ano, "preso" em uma situação, que por mais que tudo indicasse dar errado, eu insistia permanecer no mesmo erro. Ou talvez não tinha como mudar. Pelo menos eu não via como mudar. Por isso, cansei de fazer planos, almejar projetos, criar sonhos, desejos... Eu quero que esse ano traga consigo OPORTUNIDADES. Sim, oportunidades... talvez eu não saí de algumas situações por falta de oportunidades. Não quero dinheiro, um amor, fama... eu quero oportunidades. Oportunidade para ganhar dinheiro, para ter um novo amor; oportunidade de fazer as coisas certas, de dar os melhores conselhos; oportunidade de inovar, de crescer, de mudar; oportunidade de voltar, avançar, de sonhar. Eu não quero nada, além de oportunidades. Por que ganhando as coisas fáceis não somos merecedores de nada. Agora, com oportunidades que sabemos usá-las da melhor forma, teremos a sensação de que foi nós, quem fizemos certo. Nós quem aproveitamos as oportunidades, e não nos submetemos a tudo aquilo que "o destino" quis de nós.
Que venha 2012, e que traga consigo novas oportunidades, e mais que isso, que possamos criar novas oportunidades.

Matheus Araujo Dias

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Meu desejo mais estúpido


Eu não sei explicar como é que as coisas estão agora. Eu só sei dizer que está tudo uma confusão, que não é de se espantar quando se trata da minha vida. Eu não consigo entender, como você pode ser por um momento, tudo o que eu mais quero, e ao mesmo tempo, ser o meu desejo mais estúpido, a idéia mais irracional. No fundo, eu queria acreditar em você. Acho que até consigo acreditar em você. Eu sei que você pode não estar mentindo, mas também há uma possibilidade de você estar enganando a si mesmo.
Não sei se você entende, mas é difícil viver uma vida com passos incertos. Tudo pode ser arriscado. Não só pra você, como pra mim. E se tudo for desse jeito, não importa, o quanto tentamos fazer que as coisas dêem certo, passos errados vão nos levar pra lugares errados. As coisas são assim e não tem como discutir.
Entenda, eu acredito em você, mas tudo isso pode ser mentiras. Mentiras sinceras, talvez, mas que não deixam de ser mentiras. Eu só não quero me iludir, não só com você, mas comigo mesmo.
Eu não entendo, ora, você é tudo o que eu mais quero, ora, o meu desejo mais estúpido.
Matheus Araujo Dias

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Sentido real ou pura fantasia ?


Dedicado a: minha, toda minha LLL.
Eu acredito em você. Eu fico feliz quando diz que me ama. Eu sei que pra você, eu posso contar os meus segredos. Mas é "só" isso. Eu não sei se eu posso contar com você. São perspectivas diferentes sabe? Sim, eu sei, você mudou, mudou bastante, mas ainda acho que eu prefiro aquela menininha meiga, que mesmo sem falar "Eu te amo", eu me sentia protegido e amado. Não era necessário dizer nada, eu me sentia bem com você e sabia, de certa forma, que você se sentia bem comigo. Até aí, era real.
Depois, as coisas ficaram tão perfeitas, que parecia que iam acabar a qualquer momento. Era tudo tão fantástico, e por ser assim, entrou no contexto da fantasia. A partir daí, tudo começou a ser em vão. Por mais que lutássemos pra fazer tudo certo, para agradar, para ouvir, para amar, tudo começou a ser em vão. Esse é o sentido da fantasia. Tudo pode ser perfeito, mas é em vão. Pode ser maravilhoso, mas não deixa de ser fantasia. As palavras e gestos continuaram reais, porém no contexto errado.
Mas sabe, meu amor. Você foi pra mim, o motivo dos meus sorrisos. Sorrisos estes, que eu dava muitas vezes sem motivo nenhum. Sorrisos, que eu soltava no ar. Sorrisos sinceros. E se, dentro da fantasia, eu posso sorrir de verdade, com sinceridade, guardar momentos bons e levá-los comigo, eu quero viver na fantasia, pra sempre... até porquê, meu bebê, eu não posso, não quero, não consigo, me lembrar de um momento que eu estive com você, que não tenha valido a pena. Talvez quem faz tudo virar real somos nós. Mas, seja como for, eu quero você aqui, comigo, sempre...sempre. E mesmo que o tempo, os compromissos, as responsabilidades, venha nos distanciar, eu posso dizer com todas as letras, no sentido real que você foi, e sempre será o meu melhor.

Matheus Araujo Dias

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Meu maior desejo e repulsão


Dedicado a: Bruna Therrera.
Acho que se eu olhar as coisas pelo sentido real delas, eu não vou entender muita coisa que acontece comigo. Ou até mesmo com você. Sabe, eu não consigo entender quando as coisas atingem os dois patamares. Isso me deixa confuso. Ora, você é tudo pra mim; Ora, você não passa de uma ilusão, e de alguém que não me faz bem algum. É complicado. É até difícil, se assim posso dizer. Você consegue ser meu maior desejo, mas consegue também, ser a minha maior repulsão. Isso não é confusão na minha cabeça do que eu quero. Eu sei que eu quero você, mas eu tenho é medo de como as coisas possam ser... E foi você, quem me fez pensar assim.
Por favor, me ajude. A sua falta de posicionamento, a sua falta de resposta, está me deixando assim. Toda vez que você fica neutra para as situações, eu fico assim, sem saber o que você quer, se você quer... Eu tento te agradar de todas as formas possíveis, mas sabe quando parece que nada que fazemos é o bastante ? Você se tornou a minha maior vontade, mas o meu maior perigo. Se eu te amo ? Não sei, você me deixa na dúvida. A única coisa que eu tenho certeza, é que quando o assunto é você, eu não consigo resistir, e começa uma confusão na minha cabeça. É como se fosse um descontrole na minha mente e no meu coração.
Eu não sei porque as coisas devem ser assim. Eu não sei porque você autoriza que a sua imagem vá se modificando conforme o tempo. Sim, você quem autoriza, porque sempre foi assim, apenas eu me preocupando por mim, e por você.

Matheus Araujo Dias

O problema está em mim ou em você ?

Dedicado a: Caroline Ribeiro.
Talvez eu não me culpe por de certa forma não me entender. As coisas estão tão difíceis de explicar. Sabe aquele querer e não querer? Não, eu não estou tirando o meu da reta, é só medo de tudo acontecer de novo, mais uma vez. Só medo misturado com vontade. Vontade de que tudo aconteça de novo, mais uma vez!
Eu sei, é difícil de entender. Ainda mais quando começam a surgir dúvidas na sua cabeça. Confiar está sendo tão difícil, mas é preciso! Talvez o que eu quero dizer, é que o mais preocupante não está nas pessoas, mas sim em mim mesmo começar a duvidar das coisas tão facilmente. É triste ver que isto está se tornando rotina. Mas por favor, não me engane. Eu já estou tão embaraçado com tudo isso que talvez, qualquer coisa boba, pode se transformar em algo extravagante pra mim. Por favor, me faça acreditar que vale a pena. Faça-me acreditar que eu posso arriscar mais. Ou se não for, não fale nada. Talvez o recado seja pra mim mesmo. Eu preciso aprender a confiar. Não em você, mas em mim mesmo. Porque quando a vida cobrar de mim posicionamentos, eu preciso saber o que eu quero e o que merece confiança.
Eu não sei onde está o problema. Mas por favor, não complique mais. Você não sabe como palavras são fáceis de acreditar, mas como as mesmas nos fazem lembrar daquilo que não se cumpriu, mas que ficou sobre minha cabeça, criando um roteiro, onde eu não queria que tivesse fim.
Matheus Araujo Dias

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Eu não tenho mais escolhas


Já são tantas coisas na minha cabeça, que insistem em vir de uma vez só. Eu ligo o rádio, lembro de você. Eu pego meu celular, eu lembro dela. Eu ligo a televisão, não me esqueço de como tudo era bom. Eu vou deitar, e de repente tudo se passa pela minha cabeça, e vai levando consigo toda a minha confiança, a minha esperança. Eu não sei o que está por vir. Eu não sei o que posso mudar. Eu não sei o que pensar. Eu não sei como agir. Eu simplesmente não sei nem se depende de mim. Eu apenas não quero, situações momentâneas, que vem mais que vão embora. Eu não quero errar mais uma vez.
Foram tantas promessas em vão. Tantos sorrisos que me fazia acreditar, que eu teria você pra sempre... Por favor, eu lhe peço, volta. Eu preciso de você aqui, porque eu estou me perdendo. Eu estou me deixando levar. Acredite, não é porque eu quero. É que eu não tenho mais escolhas, a partir do momento que eu escolhi você.
Eu te juro amor, que por mais que agora eu pareça uma criança pedindo colo, eu vou te proteger. Acredite em mim. Eu vou te proteger. Eu não tenho mais escolhas, eu só tenho você.

Matheus Araujo Dias

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Você se lembra?


Dedicado: a você.
Não, eu não parei de pensar em você, só estou evitando. Dói demais lembrar que não tenho aquele teu sorriso que me encorajava a prosseguir. Dói demais lembrar que não tenho o teu abraço todas as vezes em que eu me sentia mal. Eu tenho saudades... tenho saudades de todos os momentos que passamos juntos. Eu não era seu, você não era minha, mas foram tantas coisas que vivenciamos. E sempre foi algo tão puro, tão sincero... Eu tenho saudades. Você "foi embora" e me deixou aqui perdido, preso nos meus vícios que eu só conseguia me livrar deles ao teu lado. Era você. Sempre foi você quem me fazia ser alguém melhor. E você não sabe o quanto dói lembrar de tudo isso e ter que falar para mim mesmo, que o tempo roubou você de mim.
Será que você se lembra, de quando eu deitava no seu colo, você deitava no meu, não falávamos nada, apenas acariciava o seu cabelo, e deixávamos o tempo passar... Você se lembra ? Eu tenho saudades; E de quando eu pegava nas suas mãos, pedia a Deus por você dizendo que tudo ia ficar bem, e que só restava acreditar... Você se lembra? É, eu tenho saudades; Eu tenho saudades de ouvir o teu choro, te abraçar, sentir teu soluço, e dizer no teu ouvido que sempre que você precisasse, eu estaria disponível pra você, não importa quando... nem se fosse na madrugada. E por falar nela, amor, você se lembra de quando eu ia te encontrar depois das 2:00 hrs da manhã? E do banco, que estávamos acostumados a sentar e sorrir, você se lembra?
Estava tudo tão certo, era uma amizade tão bonita, não era? Maldito tempo que não me fez contentar com o bom. Maldito coração, que me fez gostar de você.
Não meu anjo, eu não me esqueci de você, só tenho evitado lembrar, pois só eu sei, como dói apenas ficar na lembrança... como dói essa saudade.

Matheus Araujo Dias

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Recomeçar.


Dedicado a: Caroline Ribeiro.
Acho que no fundo as coisas não foram feitas para serem compreendidas. Se você entender tudo que acontece com você, talvez perca a graça, perde o sentido. É hora de se arriscar mais, jogar sementes para o alto, e quem sabe, colher algum fruto que o vento empurrou para mais pra frente. Mas também, se não colher fruto nenhum, respire, vamos lá, comece de novo, tente acertar. Não pare pra tentar entender o que aconteceu. Não fique se crucificando por as coisas não darem certo. Vamos lá, você consegue desapegar a algumas coisas, consegue ver tudo um pouquinho melhor. Existe milhares de pessoas lá fora, parados no tempo por coisas que não deram certo. Não seja uma delas. Agarre qualquer oportunidade, ande com suas próprias pernas, crie um objetivo, faça uma meta, tente alcançar. Caiu, recomece. Distribua sorrisos se for preciso, e não feche a cara para tentar dar lição de moral a alguém. Faça diferente dessa vez, fale com cuidado aquilo que você não acha certo, tente fazer alguma coisa de bom. Vamos lá, seja o mais educado possível. Se as coisas não derem certo novamente, recomece. Até porque se você parar pra pensar a posição mais cabível pra esses momentos é simplesmente recomeçar. Então não discuta com o tempo. Não fique emburrado com as situações. Não se desespere com os erros dos outros, mesmo que seja com você. Se preocupe com o que você mesmo está fazendo. Qual legado você vai deixar? Pelo que as pessoas vão te lembrar? Vamos lá, crie um objetivo e recomece. Talvez nem você saiba ainda do que você é capaz!

                                                                                    Matheus Araujo Dias

terça-feira, 18 de outubro de 2011

As coisas mudam.


A estação muda. Os gostos mudam. Os jeitos mudam. Os cuidados mudam. As pessoas mudam. A programação da tv muda. Os comentários mudam. A paisagem muda. As postagens mudam. As palavras mudam. Os personagens mudam. A previsão do tempo muda. Só a porcaria do meu sentimento que permanece o mesmo.






Matheus Araujo Dias

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Fingir não dá mais.


Dedicado a: alguém que está apenas de passagem.
Por mais que neste momento as palavras não saem, que parece ter algo entalado na minha garganta, eu me sinto na obrigação de relatar aqui o que eu estou sentindo (mesmo que eu saiba que mesmo se eu escrever milhões de linhas, vai ser difícil você calcular a intensidade dos meus sentimentos).
Acontece que muitas vezes dá aquela vontade de jogar tudo pro alto, de tentar mandar tudo pro espaço, e de fingir que nada está acontecendo. Mas não dá. Fingimentos não vão adiantar em nada, seja qual for a situação. Tudo aquilo que fingimos hoje não estar acontecendo, amanhã o tempo nos lembrará de uma forma mais agressiva e dolorosa. Não adianta fingir que as coisas não estão acontecendo. Não adianta fingir que não é com você. Não adianta fingir que de quem você menos esperava veio a decepção. Não adianta dormir pra ver se as feridas se cicatrizam. Não adianta tentar mostrar fortaleza, sabendo que não é assim que você está. Não adianta... Não adianta. Os problemas existem para ser encarados de frente. Aí que está o problema. Como encará-lo ? Qual a melhor forma de escapar ?
No fundo, muitas vezes nós sabemos onde erramos. Sabemos como encarar, como resolver. Só não queremos que seja dessa forma, porque muitas vezes é muito dolorido para nós. Mas é necessário. Não importa o quanto de você que vai ficando, é necessário tomar posições drásticas. Mas não queremos... e tudo vai piorando, na medida que o tempo vai passando.
E estou assim, parado. Intacto no tempo. A cada dia mais me afundando. Está faltando uma parte de mim. Eu sei que está... Tá muito difícil, e fingir não dá mais. Eu não estou bem, e não preciso que fale nada. Tá muito difícil acreditar em pessoas. É uma decepção atrás da outra.
"Quando não souber o que fazer, saiba quem procurar."

Matheus Araujo Dias

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Definitivamente, não está certo!


Sabe aquela sensação de que tudo está perdido ? Aquela sensação que dá de que você não está prosseguindo ? Na verdade não são bem sensações. Acho que já chega a ser sentimento. Amargura. Tristeza. Seja lá qual palavra descreva melhor pra você.
Mas, o fato é que geralmente, nos encontramos assim se pararmos pra pensar, no que estamos fazendo ou deixando de fazer. No que estamos priorizando e deixando de lado. Não importa, algum dia esse sentimento vai vir em você. E a culpa é totalmente sua. Não existe outra alternativa. Não adianta querer culpar os outros. A culpa é sua, assim como a culpa é minha.
Acho que estou num estado de vazio completo. Sempre buscando preencher, mas de formas erradas, que não me fazem crescer. Nessas horas começamos a aceitar tudo, como se fosse a única opção, e não é bem assim. Onde é que fui parar ? Porque me afastei tanto ? Estou realmente perdido por aqui. Por favor, alguém me ajuda! Eu preciso encontrar um meio de sair dessa imensidão de silêncio, e desse sentimento de culpa.
Talvez eu precise regressar pra progredir. Sim, porque nem sempre andamos pra frente, apenas progredindo. Muitas vezes temos que voltar atrás, para preparar caminho. Temos que plantar alguma semente boa, para colher depois. Tá tudo errado! Novamente, tudo errado! Eu voltei para o mesmo lugar, se é que em algum dia sai dele. Estou cavando minha própria cova, isso tá ficando desesperador.
Entenda. Não é tudo que te oferecem que você deve aceitar. Você tem escolhas. Escolhas estas que talvez tenha muito mais poder do que você imagina. Utilize-as. O livre arbítrio que foi concedido a você não está mais em suas mãos. O tempo está roubando até isso de nós. Não está certo!

Matheus Araujo Dias

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Dependência e esquecimento


É triste perceber que dependemos de alguém, quando esse alguém não está nem se importando com nós. Uma "dependência platônica" se assim pode-se chamar. Muitas vezes dedicamos nossa vida, atenção, cuidado, carinho ao extremo as pessoas, e elas não demonstram nem uma certa consideração. É claro que cada um é dono do seu próprio nariz e sabe das coisas que estão fazendo, mas a dependência traz consigo o esquecimento. Você se esquece de você mesmo. Você se esquece que pode fazer as coisas mudarem. Você simplesmente se esquece de você, pra dar lugar a outra pessoa. As pessoas realmente estão certas quando falam que não existe essa de ficar dependendo dos outros pra fazer alguma coisa, pois cada um é dono de si mesmo. Estão certas sim. Só que as pessoas que são dependentes de alguém se esquecem... Se esquecem, se machucam, se entristecem, se enfraquece, e muitas vezes acredite, a culpa não é da pessoa que você esperava mais. A culpa é sua, quando começa se esquecendo que dependência não está exatamente ligado a você se deixar de lado. A culpa é minha também por me esquecer disso.
As pessoas não estão interessadas em reconhecer cada erro que cometeu com você, assim como você não se interessa em saber onde você errou... onde você se permitiu criar uma dependência das pessoas. É sempre a mesma historinha de que o outro está errado, de que o outro te atingiu, de que o outro não reconheceu, de que o outro não se importou, de que o outro ofereceu menos, de que o outro... de que o outro. Nunca é você. Nunca você olha para si pra entender onde você errou, onde você permitiu sentir mais, onde você permitiu sentir menos, onde você falou de mais, onde você falou de menos. E fica assim. Cada um defendendo a si mesmo, as suas razões e nada fica resolvido.
Toda dependência a princípio vem de um carinho muito forte, só que depois dela, por problemas não resolvidos vira ódio, ressentimentos. O que eu quero dizer com tudo isso é óbvio que não é o natural. O que eu quero dizer, é que muitas vezes nossos sofrimentos não está relacionado as outras pessoas, mas sim a nós mesmos. Não devemos nos esquecer que podemos parar, pensar sobre aonde estamos errando. Eu sei, é complexo, mas tente entender.

Matheus Araujo Dias

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Você se foi...


Dedicado a: uma pessoa que não vai ler.
Não posso mentir mais pra mim mesmo. A cada dia que passa tenho mais certeza de que você faz falta. A cada dia tenho mais certeza, que seus abraços me fortaleciam e era o motivo que eu tinha para não desistir. Mas você se foi. Algo já me dizia que iria, eu só não queria acreditar. Mas você se foi. E junto levou consigo toda aquela minha fortaleza que só você via. E levando ela, deixou lugar pra insegurança e o medo tomarem conta de mim. Algo já me dizia que eles viriam tomar conta de mim, eu só não queria acreditar. Eles vieram, mas você se foi.
Na verdade eu não quero culpar ninguém com tudo isso. Talvez era pra ser assim. Nunca se sabe o que o destino está preparando pra nós. Mas acontece que a lei da vida, por um momento falhou. Eu plantei carinho, amor, e a maior atenção. Colhi o silêncio e a sua partida. É, você se foi. E não importa onde você esteja agora, eu continuo ligado a você. Não porque eu queira, mas porquê tudo que eu vi de valor em mim, via quando estava com você. Mas você se foi, tenho que aceitar.

Matheus Araujo Dias

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Eu sei, é tudo uma grande confusão


No momento eu não sei aonde quero chegar. Já faz muito tempo que estou assim. Preso, nas minhas próprias palavras. Perdido, na minha própria loucura.
Acho que uma coisa que estou aprendendo é que por mais que o mundo esteja totalmente de cabeça pra baixo, nós é que não permitimos que as coisas se acertem. A confusão maior muitas vezes não está nas coisas ao seu redor e sim em você mesmo. Claro que o mundo e as pessoas não ajudam bastante, olhando por esse ponto de vista. Mas devemos aprender a parar de culpar as pessoas tentando esconder muitas vezes para nós mesmos o nosso próprio erro. Aceite-se, da forma como você está para buscar aperfeiçoamento. Ignore, a forma que você está para buscar preenchimento. Permita-se, da forma que você está a buscar algo novo.
Não importa como você está, sempre haverá chance de mudar, inovar, aperfeiçoar ou até mesmo esquecer, ignorar, apagar.
É preciso buscar formação, pois se o seu objetivo também não for este, você se afogará em suas próprias palavras e conduta.
Eu sei, é tudo uma grande confusão.

Matheus Araujo Dias

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Arrepender-se


Dedicado a: Djessie Thamily
O mundo insiste em contradizer os significados das coisas. As pessoas sempre assimilam a palavra "arrepender-se" com "se humilhar, rebaixar", e não é bem assim. Acontece que muitos optam por um posicionamento errado e adotam para si a frase: "Não me arrependo de nada que fiz". Acho que elas pensam que assim, vão se tornar pessoas indestrutíveis. Mas estão muito enganadas. Arrepender-se faz parte de um processo de aprendizado. Um processo que ninguém está disposto a aprender. Arrepender-se não é se rebaixar, se humilhar, ser perdedor. Arrepender-se é mostrar seu caráter, renovar alianças, buscar crescimento. E nós temos que colocar em prática isso para nós.
Com certeza muitas pessoas já perderam algo ou alguém, porque algum dia errou e pelo simples capricho não se arrependeu. É como dizem: "Todos erram." De fato, isso é verdade, todos erram mas ninguém se disponibiliza a arrepender-se ou até mesmo perdoar.
As pessoas não entendem que se arrepender vai muito mais além. Por mais que envolva pessoas, se arrepender é você se sentir bem consigo mesmo, dar uma chance a si mesmo de tentar de novo, e dessa vez fazer certo, fazer com que as coisas andam, prossigam. Não escolha parar a sua vida por não praticar o arrependimento. Seja lá qual for a definição que o mundo vai dar... se acham que isso é se humilhar,se humilhe! Quem foi que disse que se humilhar é sinonimo de submissão? Saia do contexto errado que você alimenta em sua mente. Pense um pouco mais fundo. Procure outras definições. Não é tudo que o mundo diz que devemos aceitar. Vamos lá, você tem 86.400 segundos por dia, utilize alguns para se arrepender. 

Matheus Araujo Dias

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

É preciso de uma estrutura



Dedicado a: Juliana Silva Pereira.
Para a maioria das coisas é preciso de fundamentos. Sempre será assim. Não é possível construir um prédio sem a estrutura, lugar e o desenho. E é assim com os sentimentos. Não adianta alimentar o mesmo, sem estrutura e fundamentos. Ele não vai dar certo. Não é simplesmente uma questão de acreditar. Se você não tem estrutura para tudo, uma hora ou outra você vai se machucar. Uma hora ou outra, o prédio sem estrutura resistente, vai cair.
Digo, e repito! É preciso de fundamentos. Tem que ter uma razão. Você deve ter um suporte, uma estrutura que aguente, se não você cai junto na primeira dificuldade que tiver. Não escolha viver uma vida de riscos. Não queira viver um vida que sempre estará na dúvida se vai dar certo ou não!
Pessoas vivem anos, alimentando um sentimento errado, que não tem fundamentos nenhum. Não queira ser um desses. Você apenas perde tempo, e cria marcas dentro de você mesmo.
Cuidado! A verdadeira felicidade pode estar escondida atrás de suas perspectivas erradas.

Matheus Araujo Dias

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

A importância de avaliar a si mesmo


Na verdade não sei por onde começar. Acho que já estou perdendo a esperança de várias coisas da minha vida. Não sei do que eu preciso, e se preciso de alguma coisa. Não sei se estou exagerando em alguns pontos...
É sempre bom olharmos para dentro de nós mesmos afim de encontrar o que há de errado... Antes que seja tarde. Digo isso porque se nós não nos analisarmos, uma hora ou outra será tarde demais para isso. Muitas vezes nos acostumamos tanto com nossas práticas erradas, que quanto mais tempo passa, sem tomarmos devidas providências, vamos nos acostumando com o nosso jeito errado de ser. Até uma hora que chega a ser tarde demais... ou muito difícil de voltar atrás.
Praticas e costumes errados, nos fazem aproximar de pessoas também erradas. Mas quando percebemos isso, já criamos algum vínculo com essa pessoa, que não nos permite afastar. Está aí a importância de nos policiarmos sempre, avaliando tudo aquilo que estamos fazendo, ouvindo, pensando, e com quem nos relacionamos... antes que tanto as pessoas, quanto nossas próprias atitudes ruins, criem vínculos com nós mesmos.
Sei que muitas pessoas não dão importância alguma para essa atividade que temos que fazer com nós mesmos. Mas se pararmos para observar, são pessoas que geralmente não tem motivo nenhum para fazer tudo o que fazem... apenas fazem. Não sei se por satisfação própria, mas dedicam suas vidas a fazerem coisas sem princípios e propósitos nenhum. Não tem fundamento as suas atitudes e escolhas. Mas, é da opção de cada um querer olhar para dentro de si mesmo, e ver tudo aquilo que há de errado, e cortar pela raiz. Não as pontas, mais a raiz. Pois todo problema que você apenas apara, algum tempo depois volta... com uma força extraordinária. Cuidado! As suas atitudes pode estar colocando a sua índole em jogo.

Matheus Araujo Dias 

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Súplica


Será que você não nota a minha presença ou apenas finge não notar ? Por favor, eu preciso que você perceba que eu quero ser muito mais pra você! Não quero ser muita coisa, apenas quero ser mais pra você! Isso é pedir muito ? Por favor, me responda. Eu preciso saber o que você quer.  Como vou saber se você não evidencia ? Ficar apenas imaginando respostas é o meu pior medo. E eu não quero cair nesse medo novamente. Não quero cair na mesma teia de ilusões. Eu quero andar certo, saber o certo. Independente do que seja. Então, por favor, me diga o que realmente você quer, e me liberte de vez dessa prisão que você me deixou.

Matheus Araujo Dias

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Oportunidades


Muitas pessoas ficam desestabilizadas emocionalmente por causa de problemas. Perdem a auto-estima e confiança por se depararem com algumas situações difíceis. Mas tudo seria bem melhor, se víssemos as coisas como oportunidades. Começar a ver as dificuldades e problemas, como oportunidades de crescer e evoluir. Pois de nada adianta, você se lamentar e apenas ficar medindo o tamanho de seus problemas. Eles só tendem a aumentar...
Tantas pessoas se libertariam de uma cadeia de depressão se começassem a ver tudo como oportunidades. Não, isso não é enganar a si mesmo e tirar os pés do chão. Isso é você começar a encarar seus problemas, como algo que pode ser resolvido.
Muitos se queixam de não conseguirem alcançar algumas metas que impôs na sua vida. E apenas se queixam. Não vêem isso como oportunidades para da próxima vez fazer melhor... Muitos se afogam na própria solidão de relacionamentos que não deram sorte. E apenas se afogam nessa solidão, ao invés de ver isso como oportunidade para amadurecer e ter uma estrutura melhor para os próximos relacionamentos...
É tudo uma questão de ponto vista. O problema só será um grande problema se você dar lugar a ele. A vida é cheia de oportunidades... oportunidades tantas, que já perdemos bastante, apenas nos queixando, nos decepcionando, nos sufocando... Você tem uma vida inteira pela frente. Não escolha morrer sem viver coisas maiores que estão reservadas pra você! E não se esqueça que independente de qual seja o seu problema, ele sempre será uma oportunidade, para você falar e entregar a Deus. 

Matheus Araujo Dias

sábado, 6 de agosto de 2011

Relacionamento amoroso


Dedicado ao casal mais bonito: Renan e Janaina.
Unir-se com alguém fala muito mais que apenas andarem juntos. É um compromisso. Não um compromisso qualquer... Um sério compromisso! E as pessoas ultimamente estão lidando de maneira muito errada em relação a isso. Leva tudo de uma forma sem perspectiva nenhuma. Acha que é suficiente estar junto. E só... Nada mais basta!
Um relacionamento envolve um turbilhão de coisas. Não é apenas um turbilhão de sentimentos (por mais que muitos casais hoje não ligam nem para o sentimento). Relacionamento envolve caráter, compreensão, amadurecimento, perspectivas, respeito, responsabilidades, etc. E muitos se limitam em apenas encontrar-se todos os dias e trocar uns beijos... Ah, se beijo proporcionasse tudo que um relacionamento precisa estaria ótimo. Mas um beijo não é capaz de te fazer amadurecer e outras coisas. São valores que todos estão jogando fora. E depois reclama que o relacionamento acaba no primeiro passo errado que dá. Gente, acorda! Relacionamento fala de união, estar junto. Não é porque um dia vacilou, perdeu. As coisas não são assim. Não deveriam ser assim. O certo era estar junto, e tentar fazer certo da outra vez, e não largar por motivos tolos, muitas vezes.
A coisa é muita séria! Relacionamento envolve fidelidade. E isso é uma coisa tão séria porque evolve sentimentos. Não é só puro prazer... Entenda o verdadeiro sentido que é um relacionamento. É selado por uma aliança! Aliança quer dizer juntos... Não é apenas algo simbólico, para mostrar para os outros que tem um companheiro.
Isso é apenas algumas coisas que um relacionamento deve ter... e olha que eu nem falei ainda de finanças.
Avalia-se. Um relacionamento pode ser muito prazeroso, mas pode deixar grande marcas sem que você perceba.

Matheus Araujo Dias

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

O que faz de você especial ?


O que faz de você especial ? Talvez uma roupa descolada, que tenha a marca evidente. Um modelo de carro do próximo ano. Talvez aquele tênis que está na moda. Ter batido algum record. Ou até mesmo você poder dizer que tem um(a) namorado(a).
O que faz de você especial ? Talvez quando você concorda com as opiniões das pessoas apenas para agradar. Um dinheiro que você tem sempre sobrando. Uma casa com um espaço bem amplo. Ou até mesmo um emprego.
O que faz de você especial ? Talvez ser reconhecido na escola como o que não leva desaforos. Ter centenas de pessoas nas suas redes sociais. Andar com a pessoa mais desejada. Frequentar lugares de puro luxo. Ou até mesmo poder viajar a cada recesso.
O que faz de você especial ? Talvez ter bastante tempo para dormir. Ter tudo aquilo que é tendência. Ter todas os modelos de vídeo-game. Ganhar alguns concursos. Aparecer num comercial de tv. Ou até mesmo aparecer num capítulo da novela...
O que faz de você especial ? O que faz de você especial ?
Talvez aquilo que eu acho que me faz ser especial, não é o mesmo para o outro. Cada um tem um conceito do que é ser especial. Mas temos que ter a convicção de que nenhum desses conceitos que o mundo nos oferece, vai nos fazer especiais. São muitas vezes coisas materiais, que passam. E não nos faz especial.
Ser especial, é ter algo que ninguém pode tirar de você, a não ser você mesmo. De resto, tudo aquilo que pensamos e valorizamos são apenas pequenos castelos de areia, que uma hora ou outra, a onda vai levar. É tudo uma questão de tempo.
Ser especial não é algo momentâneo. É ter uma coisa que fica, pra vida inteira.
Agora pare, pense, e responda de verdade, o que faz de você especial ?

Matheus Araujo Dias

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Relacionamento de pais e filhos


Dedicado a: Bruna Herrera.
Os pais são fundamentais nas nossas vidas. Sempre serão. Acontece que fazemos parte de outra geração. São pensamentos diferentes, formas diferentes, jeitos diferentes... é isso que causa o conflito.
Todos os pais querem que seus filhos sejam dedicados, persistentes e independentes... Mas na hora que seus filhos decidem se dedicar e persistir nos seus sonhos não dão liberdade para isso. Não dão liberdade para seus filhos seguirem um caminho diferente dos deles, pois o caminhos que seguiram, deram certo.
Dizem que tudo na vida se aprende permitindo que as coisas aconteçam. Então é muito melhor que um filho, talvez se dê mal, buscando aquilo que quer, do que seguindo um caminho que não deseja. Um caminho que sempre será para os seus olhos duvidoso.
Eu costumo usar uma situação muito boba porém certa quando me refiro ao relacionamento de filhos com os pais. "É como se numa mão aberta estivesse manteiga. A manteiga está lá, e dá para manter os olhos nela. Quando fechar a mão, a manteiga escorregará pelos vãos dos dedos." E assim é um relacionamento de pais e filhos. O pai pode manter o controle, mas quando exprimido, o filho sempre dará uma forma de fugir.
Mas como todo relacionamento, em algum momento, alguém terá que abrir mão de algumas vontades. Tem que ser assim. Desde que não abra mão de seus sonhos, pois eles podem ser a chave, para o seu sucesso pessoal!
Cabe a cada um olhar para si mesmo, afim de ver se realmente vale a pena os objetivos e argumentos que usam.

Matheus Araujo Dias

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

O lado de lá.


Texto publicado apenas para uma realização pessoal.
E como num dia normal, acordei com uma busina, com várias vozes, mas ainda pude ver o brilho do sol sob minha janela. Aquele mesmo brilho estava lá, me presenteando mais uma vez. E de repente como um ladrão roubando lanche de uma criança indefesa, me tiraram o sol, a luz, e apareceram novas vozes. Não as dos meus vizinhos como antigamente, mas muitas vozes dentro de mim. Uma, me culpando pela fronteira que passei, por ultrapassar meus limites. Outras, me chamando e me atraindo para ir mais fundo naquela escuridão.
Iludido por aquele mundo, passei a ser dele. Experimentei prazeres, fiz tudo ao extremo, me aprofundei mais e mais.
A princípio, aquilo por mais que errado, era pra mim, tudo que eu queria. Mas tinha algo errado. Senti que tinha. Ainda existia uma voz dentro de mim. Pude ouvir soluços de choro. Pude sentir cada lágrima que descrevia um chamado. Não um chamado normal. Um pedido de volta. Era como se aquela voz, não podia dizer nada pra mim, a não ser que eu voltasse... E voltei.
Larguei tudo que aparentemente me completava, mas ao mesmo tempo ia me despedaçando naquela escuridão. Ah, sim... a luz! Pude vê-la novamente. E o dono das lágrimas pude senti-lo ao meu lado. Era o mesmo dono da luz.
Sim, experimentei prazeres e estava tudo tão bom. Mas o que me faz crescer é estar na luz, e enfim, poder enxergar... Enxergar soluções. Enxergar caminhos. Enxergar conforto. Enxergar Ele, o dono da luz.
Sim, eu estive do lado de lá.

Matheus Araujo Dias

Todos querem...


Todos querem... Todos querem respeito, mas não param de criticar; Todos querem amor, mas não deixam de odiar; Todos querem silêncio, mas não param de gritar; Todos querem paz, mas não param de infernizar; Todos querem ser ouvidos, mas tapam seus ouvidos. Todos querem... E não só querem, exigem. Ninguém está interessado em fazer o mesmo. É ao contrário, só querem pagar com as mesmas moedas as coisas ruins. Considera muito mais fácil se sentir ofendido do que amado. Dão uma proporção enorme pra isso! E só querem...querem...querem.
Quem vai se levantar para parar de pedir e começar a servir, a fazer ? Ninguém se prontifica... Ninguém se prontifica! Será que tem como pararmos de olharmos para nós afim de querer que outros satisfaçam nossas vontades ? Tá errado! Tá tudo errado!  Só cobramos mais, sempre mais... e não fazemos nada!
Uma prova de que as coisas estão erradas, é talvez você precisar ler um texto, com uma mensagem idiota como essa, pra poder se conscientizar que ás vezes devemos parar de cobrar dos outros e olhar para nós mesmos. E uma prova maior ainda de que as coisas estão erradas, é você quando terminar de ler este texto continuar nas suas redes sociais como se não tivesse lido nada! É claro. O ser humano sempre vai esperar que comece do outros. Sempre dos outros...
Precisamos ter um coração disposto a oferecer mais do que receber. É preciso! Não importa quantas vezes você já se deu mal por isso. Entenda que, assim como você, todos querem mais atenção e respeito. Então nunca vai passar despercebido qualquer ato teu. E se porventura passar, anime-se. Você se decepcionou fazendo algo de útil ao invés de se decepcionar por não fazer nada!
Dê uma chance a si mesmo de fazer algo bom. Não para ser reconhecido. Mas pelo simples fato de fazer algo bom.

Matheus Araujo Dias

sábado, 30 de julho de 2011

Os nossos pensamentos

Algumas coisas só ficam na cabeça. Ficamos o tempo todo pensando, sobre tudo. Não há como não ser assim.  Mas pensar é uma das coisas mais perigosas que existem.
São nos pensamentos que escondemos, muitas vezes, nossos segredos e opiniões. Escondemos nele também as nossas vontades, os nossos desejos. Muitas vezes guardamos nele as nossas malícias e purezas. Maquinamos planos sombrios. Guardamos palavras que não tivemos coragem de dizer. Talvez o pensamento seja o nosso mais fiel amigo... Ou não.
Muitas vezes achamos que nós que conduzimos os nossos pensamentos, mas não é assim de fato. Isso porque ele tem poderes com você. É uma força maior do que si mesmo.
Como tudo na vida gera consequências (já que assim é a lei da vida), com os pensamentos não são diferentes. Eles podem te obrigar a fazer coisas que não eram para fazer. Tudo as escuras, tudo por trás. Fazendo você acreditar que era a melhor saída, já que pensou muito no assunto.
Os nossos pensamentos são traissoeiros. Lembre-se disso. Ele sempre vai te obrigar a tomar decisões precipitadas se você insistir em utilizá-lo sempre para o mesmo assunto. Pois tudo que pensamos gera um sentimento, que gera atitudes, que depois gera hábitos, que por sua vez gera uma prática de vida.
São consequências que muitas vezes nem percebemos, que o que pensamos tempos atrás, hoje é a forma que vivemos. Cabe a nós permitirmos (quando der) pensamentos bons ou ruins.

Matheus Araujo Dias

Fingimentos


Texto especifico para alguns. Mas pode servir pra você também. 

Eu sei que você já cansou do meu blog falar de mudanças. Sei também que muita gente já cansou de ler sobre isso. Mas pelo menos se de alguma coisa estivesse adiantando. Mas não, pessoas insistem em viver numa pura hipocrisia e fingimento. Tenho nada a ver se você se enquadra nessas categorias. Tenho nada a ver com você, mas desde que não me inclua nessa sua cama de fingimentos, está ótimo. Ou quase ótimo.
Hoje o assunto não é especificadamente mudanças (ouvi suspiros de alívio), e sim a falta delas ou fingir que está se movimentando.
Acontece que cada um tem o direito sim de ler e decidir ou não mudar. É direito de cada um, ninguém pode se intrometer. Mas fingir que está mudando na frente dos outros pra ser elogiado é ridículo. Você não sabia que seus atos formam o seu caráter? Se for pra não ter caráter fique na sua. Mas por favor, não finja! Não é nem pelos que você está enganando mas por você mesmo. Com isso você só ganha no máximo alguns elogios até a máscara cair. E se não cair, fique tranquilo. Consequências virão sim, nem que só você perceba!
Você pode enganar todo mundo e fingir bem ser quem você não é. Mas se não for enganar a si mesmo, é tentativas em vão, acredite! Ou não acredite. Tanto faz. Já não estou nem ligando. Desde que eu exponha a minha opinião aqui e você fique na sua aí, tá de bom tamanho. Só não pense que você está conseguindo me enganar com esse seu sorriso forçado e com abraços melosos. Os pedidos de desculpas só se concretizam quando você muda de verdade e para de fingir de uma vez.
Não, não quero agredir ninguém. É que tem horas que cansa, mas não quero desistir de você!

Matheus Araujo Dias

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Aquilo que você já sabe

As pessoas hoje em dia são reconhecidas pela conta bancária. Mais dinheiro, mais reconhecimento... Mais dinheiro, mais chances... Mais dinheiro, mais mordomias... Mais dinheiro, mas possibilidades. Mais... mais. Ninguém tá nem aí pra saber o que você tem por dentro. E sei que não adianta eu falar aqui que o que vale mais do que dinheiro, é o interior de cada pessoa. Você já sabe disso. Eu tenho certeza que sabe! Só prefere não acreditar. Ou acredita, mas não arrisca uma prática de vida com esses conceitos. Tenho certeza também que você já ouviu falar que dinheiro não compra tudo.
Eu estava lendo umas frases, e achei uma que se encaixa nesse texto: "As pessoas são tão pobres que a única coisa que elas tem é o dinheiro" . E isso é verdade. Todos estão mais preocupados em ser prósperos, e acaba deixando de lado o verdadeiro conteúdo que é necessário.
Eu não estou querendo dizer que a partir de hoje você deve parar de procurar ser bem sucedido e ter uma vida totalmente dedicada a buscar caráter. Não é isso. Até porque sabemos bem, que sem dinheiro você não consegue ir a padaria comprar um pão. Mas se formos calcular distância, talvez com seu caráter você não consiga nem virar a esquina. É você quem tem que saber. Precisamos de uma jornada dupla, onde não basta apenas ter caráter, nem apenas ter dinheiro.

Matheus Araujo Dias

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Frase de Clarice Lispector


Sem mais.

O verdadeiro sucesso e reconhecimento


Dedicado a: Rebeca W. Nori
Quando as pessoas não estão satisfeitas com suas próprias vidas, acabam procurando um meio de chamar atenção e vão mudando. Não uma mudança boa. Uma mudança atrás de sucesso e reconhecimento. Eu particularmente não gosto dessas palavras. Tenho uma visão totalmente diferente do que é ter sucesso e reconhecimento. Não acho que eles vem com o tempo ou com mudanças. Eles vem com a sua imparcialidade. O sucesso ou reconhecimento não é somente medido pelos pauzinhos que você movimenta. Ele vem com a sua simplicidade.
E é tão bom estar sempre neutro sendo aquilo que você é. Pode até ser indiferente. Mas quem disse que isso é defeito? Defeito mesmo, é você procurar de todas as formas, correr atrás de mudanças para simplesmente ser homenageado e bem reconhecido.
Um exemplo de simplicidade, caráter, respeito vale muito mais. É um sucesso que por mais que não seja bem visto, está sempre guardado dentro de si mesmo. E realmente, nada mais importa.
Parabéns Rebeca Nori por toda simplicidade e caráter. Você é uma referência pra mim.


Matheus Araujo Dias 

terça-feira, 26 de julho de 2011

Auto-confiança em excesso


Ou se preferir, na nova ortografia: autoconfiança.
Hoje eu peguei um livrinho de auto-ajuda ( ou se preferir, na nova ortografia: autoajuda ). Não costumo ler esses livros. Não gosto muito desses livros ( e estou começando a não gostar da nova ortografia também ). Mas o fato é que passando os olhos por ele, me dei de frente com um texto cujo o título era: Auto-confiança em si mesmo. O texto até que era bem escrito e a priori parecia algo interessante. Mas não é bem assim. Algumas frases desse livro dizia o seguinte: "Você deve acreditar em si mesmo sempre, pois se você não acreditar, ninguém acreditará em você" . "Você pode fazer coisas impossíveis e tem poder pra isso"... Entre outras.
Sim. É importante acreditar em si mesmo. É importante acreditar que você pode fazer coisas inacreditáveis. Mas é importante você saber também que a auto-confiança em excesso não costuma dar bons resultados. Você pode acreditar em você mesmo, desde que isso não suba a sua cabeça de uma forma incontrolável.
A algum tempo atrás saiu no jornal que um homem depositou tanta auto-confiança que pulou do último andar de um prédio achando que poderia voar. Nem preciso falar o resultado, não é? As coisas não são bem assim. Você pode acreditar em si mesmo, desde que acredite com os seus pés no chão ( no caso do homem, literalmente ). Não adianta você achar que pode ficar horas embaixo d'água sem respirar.
Vamos acordar gente. Os personagens de filmes extraordinários tem uma mega produção por trás ( e mesmo assim, atores já morreram fazendo cenas arriscadas ). Eles não tem super poderes, são personagens fictícios. Não adianta você achar que a sua auto-confiança vai fazer sair teias de seus pulsos e fazê-lo pular de um prédio para o outro. Não adianta você achar que a sua auto-confiança vai fazer sair fogo de suas mãos. E nem laser de seus óculos.
É muito bom acreditar em nós, realmente. Mais a auto-confiança em excesso não te levará a lugares maiores do que o seu lugar.

Matheus Araujo Dias

segunda-feira, 25 de julho de 2011

As borboletas


Todos nascem como lagartas, mas todos são destinados a virarem borboletas. É um processo. Um processo que depende de você. Você é quem escolhe o tempo de virar uma borboleta. Mas acontece que o ser humano já se acostumou em ser lagarta que não dá a mínima para transformações. Olhe, veja só. Até um pequeno inseto passa por uma transformação mais rápido que você!
Não devemos nos acostumar com as coisas se elas podem ser melhores. Não podemos vivermos como uma lagarta para sempre. Não tem cabimento. É preciso de transformações, renovações, novas experiências, novos pensamentos, novos posicionamentos, novas práticas de vida. Cuidado, o mundo inteiro está em constante transformação e você ai, parado na frente de um computador e uma televisão... apenas acompanhando. Não que isso seja totalmente errado. Mas dá para separar as coisas.
Uma hora ou outra, temos que criar asas para aprendermos a voar, e tomar nossas decisões sozinhos, sem ser necessário rastejar nas opiniões dos outros.

Matheus Araujo Dias

domingo, 24 de julho de 2011

A imagem fala por si só.

Hoje não quero dizer muita coisa. Acho que a imagem fala por si só. E se eu acabar falando alguma coisa, as coisas vão ficar piores. Eu sei que vão. 

sexta-feira, 22 de julho de 2011

A importância de sua família


Dedicado a: Bianca Paschoal Russo.
 Vivemos a maior parte de nosso tempo atrás de pessoas. Corremos sempre atrás de muitas amizades. Priorizamos relacionamentos. E talvez alguma parte disso seja em vão. Isso porque no futuro podemos nos decepcionar com todas essas pessoas, que um dia juraram amor e amizade eterna. Se olharmos para trás hoje, veremos isso. De certa forma, vemos que algumas pessoas que estavam sempre ao nosso lado, em um determinado tempo, foi embora. Uns com razão, outros sem razão nenhuma. Mas, existem ainda pessoas que independente do que você faça nunca sairá do seu lado: a família. Se você está dando mais valor para algumas amizades e demais relacionamentos do que para a família, acredite em mim, é trágico.
A família são as únicas pessoas que por mais que você erra, não apoia, mas convive com seus erros. São pessoas que não te negam amor, mesmo que nem sempre esteja tão evidente. São pessoas que te ajudam a formar um caráter. Pessoas que grande parte do que você é hoje, deve-se muito a eles. Mesmo que seja um parente distante, não importa. Um sorriso ou até mesmo uma cara de emburrado já diz muita coisa. Nós que não percebemos e decidimos priorizar outros relacionamentos.
Cuide bem dessas pessoas. Claro que uma hora ou outra, alguém irá pisar na bola com você. Mas isso é o mínimo, uma vez que convivemos com elas uma vida inteira. Não espere perder alguém de sua família para entender o quanto ela significava pra você. É hora de retribuir tudo... e o melhor presente que podemos dar a eles é o nosso tempo e o nosso amor.
Não deixe que a sua família aparente ser perfeita apenas nos retratos.

Matheus Araujo Dias

terça-feira, 19 de julho de 2011

Grandes ações, grandes mudanças


Geralmente vocês encontrarão no meu blog muitos textos que falam sobre mudanças, escolhas, e etc. A vida é movimentada a isso. São inúmeras decisões. As pessoas quando lêem até buscam fazer algo, refletir sobre si e suas decisões. Mas o homem está tão acostumado a achar que um pequeno passo já é algo que vai mudar sua vida, que acabam optando por isso. Sim, pequenas ações são importantes também, mas temos que fazer por onde... temos que provocar certas mudanças extraordinárias. Todos querem uma vida totalmente modificada, mas se limitam em apenas dar um passo. O que eu quero dizer é que você não terá grandes mudanças, com pequenas atitudes e pequenas decisões. As coisas acontecem na proporção em que você permitem que elas aconteçam. Cabe a nós vermos, o quando precisamos sair de posição de acomodados.
Passamos dias chorando por alguns motivos, e por isso acabamos colocando um peso demais nisso. Isso vira algo muito forte, sentimental demais, e acabamos achando que está fora de nosso controle mudar. Entenda, o quanto mais chorarmos por algo ( por mais que seja inevitável ), vamos aumentar a profundidade de nossos problemas. Vamos nos levantar, tentar entender a vontade de Deus para nós, e enfim nos posicionarmos. Quantas vezes vamos ler isso sem tomar decisões drásticas, para provocarmos mudanças drásticas, porém necessárias ? Quantas vezes vamos nos encontrar deitados em nossos travesseiros apenas olhando para a nossa vida e lamentando ? Há muito mais! Entenda, há muito mais! Por mais que seja difícil, tomar decisões para determinados assuntos agora, entenda que depois será bem pior. Não escolha ser parte das pessoas que olham para trás dizendo: "Se eu voltasse atrás, eu faria diferente".                                                                                                                                       
Matheus Araujo Dias

sábado, 16 de julho de 2011

Escolhas certas


Dedicado a:Juliana da Silva Pereira.
O homem está acostumado em aceitar qualquer coisa, qualquer escolha, qualquer solução, e muitas vezes acaba se esquecendo ou nem dando a mínima que estão fazendo as coisas, procurando soluções e ações para a sua própria vida! Acha que tudo que o tempo traz é aquilo que deve ser, o que foi reservado para si. Mas nem sempre é assim... nem tudo é favorável. Mas as pessoas insistem. Insistem em achar que o que está escrito nos horóscopos é o que vai acontecer. Enlouquecem quando vêem escrito: "Você encontrará um amor mas terá que abrir mão de algo", "Você está passando por tempos difíceis, mais tudo vai melhorar nesse mês". Hey, acorda! É claro que o horóscopo sempre vai ser certo, pois é baseado no óbvio! Todos estão a procura de um amor... Todos passam por situações difíceis... Todos esperam que as coisas melhorem. É tudo tão óbvio, e independente de signo, dá certo pra qualquer pessoa! Vamos acordar e entender, que estamos falando de nossas vidas. Vamos entender que o que deve falar o que temos ou não temos que fazer somos nós mesmos, e não uma revista de signos. Nem o tempo deve dizer por você! É hora de decidirmos o que é certo para nós. É hora de nos posicionar e tomar responsabilidades, pelo menos de nossas vidas. É o mínimo. Criticamos diversas vezes que as pessoas estão cuidando demais da nossa vida, mas no final das contas, suas atitudes mostra que nem você mesmo tá preocupado em tomar decisões certas. O homem está apenas vivendo, e acha que isso é o bastante! Isso não é vida! Não é vida aceitar as coisas com tanta facilidade!
Quando vamos nos dar conta que estamos falando do bem mais precioso que é nós mesmos? Vamos lá, você precisa se posicionar. Precisa abrir mão de algumas coisas para dar lugar as coisas realmente necessárias pra você! E por fim, realmente não tem ninguém que cuide melhor da sua vida, do que você mesmo. Só permita-se enxergar a realidade e a verdade para fazer escolhas certas.

Matheus Araujo Dias

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Abrindo mão de nossas vontades


Eu sou uma pessoa que vive abrindo mão de minhas próprias vontades. Não, isso não é bom... mas nem é tão mal assim. Eu apenas corro um alto risco com isso. Ou eu acerto demais, ou eu erro demais. É tudo no exagero. Tudo acontece numa proporção enorme.
Quando acerto, percebo que inúmeras vezes, a minha vontade não é o melhor pra mim. Mas quando erro, percebo que as pessoas não estão ligando em ver quantas coisas você está abrindo mão, mesmo sendo por elas. Simplesmente, elas não ligam. Cada uma está voltada em apenas preservar as suas vontades.
Por isso eu sempre vivo nesse meio termo, e guardo marcas de muitas atitudes minhas, que acabo preservando aos outros, e me deixando de lado... como sempre! E eu sei, que as coisas não podem ser assim.
Mas aconteceu... eu abri mão de meus desejos. Deixei de lado tudo o que eu mais queria. Mas sempre querendo voltar atrás, e deixar-me envolver com tudo aquilo que estava indo embora. Não sei... esse texto pode ser um desabafo, ou até mesmo um pedido de volta. Ultimamente não quero mais pensar nas consequências que as coisas podem trazer... Eu já alimentei esperanças demais.
Sim, eu queria voltar atrás, e não abrir mão mais de minhas vontades por pessoas que não deram a mínima para o que eu estava fazendo.
Veja bem, se vale mesmo a pena, você abrir mão de suas vontades. Pense por quem você está fazendo isso. E lembre-se sempre... isso pode trazer várias consequências.... Consequências que vivo até hoje. =/

Matheus Araujo Dias

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Onde estão vocês ?

Dedicado a: 12 pessoas.
Onde está você? Você que um dia prometeu sempre estar ao meu lado. Você quem jurou uma amizade eterna. Onde está você que me chamava de irmão? Cadê aquele cuidado que tanto jurou pra mim? E você que disse que nada abalaria? Onde está você que todo dia me presenteava com seus abraços? Cadê você que me fazia sorrir só de ver o teu sorriso?
Onde estão vocês? Onde está aquele amigo que sempre me chamava para dormir em sua casa? Onde está aquela que cantava comigo? E aquela que sempre brigava comigo, mas era a que mais me amou? E você que sempre me mandava mensagens? Onde está você que me deixava ir te encontrar de madrugada? E você que andava na beira da praia comigo? Por favor, me digam... onde estão vocês?
Será que foi tudo em vão? =/

Matheus Araujo Dias

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Existe alguém.



Diversas vezes nos pegamos assistindo filmes, novelas ou até mesmo lendo um livro. Acontece que as histórias sempre acabam nos "felizes para sempre" e acabamos invejando a vida dos personagens. Claro, é bem atrativo uma história onde encontra-se o amor perfeito numa esquina. Onde se tem dinheiro para satisfazer suas vontades. Onde não tem problemas que tire o seu sono. Onde tudo é colocado de uma forma bonita e simpática aos nossos olhos. Mas, o filme acaba, a novela tem fim, o livro termina, e finalmente caímos em si, que tudo não passava de uma mera ficção... uma história bem longe da nossa realidade. Não, eu não critico quem assisti filmes, novelas ou lê livros (até porque grande parte do meu tempo é dedicado aos livros). 
Mas a minha intenção não é dizer que o nosso mundo está perdido e que não há mais solução ( por mais que tenha um fundinho de verdade ). O que eu quero dizer é que as pessoas se preocupam demais em ter esse amor bonito, problemas resolvidos, ter muito dinheiro e acabam esquecendo que por mais que a nossa realidade esteja bem longe desses contos, existe alguém lá no alto que nos ama e tem reservado o melhor para nós. Acabam esquecendo que mesmo que as coisas não vão se desenrolar perfeitamente como nas histórias, existe alguém que nos olha de lá cima e tem um carinho especial por cada um de nós. As pessoas esquecem que por mais que existam problemas, existe alguém que é maior do que eles. Existe alguém, que te ama independente de como você é e do que você já fez. E mesmo se aquela história bonita dos filmes estiverem bem longe de você, existe alguém que está ansioso para te ouvir todo dia, e acalmar o seu coração.
Agora só depende do que é o suficiente pra você! Bastante pra você é ter a vida de personagens com muito amor e dinheiro ou o bastante é ser amado e cuidado pelo maior homem do mundo?
A nossa realidade pode estar bem longe dessas histórias fictícias, mas ela não será tão cruel se os homens pararem de correr atrás de coisas insignificantes e decidirem apenas olhar para o alto, afim de encontrar Deus. 

Matheus Araujo Dias

terça-feira, 28 de junho de 2011

O perdão

É impressionante como o homem muda conforme o tempo. Quando somos crianças, somos puros. Ingênuos? Sim, porém puros. Pois uma criança não nega um abraço, não guarda ressentimentos, perdoa sempre. Brigam, e um minuto depois dão o dedinho pra ficar de bem. Pode parecer algo bobo, mas se pararmos para observar, só perdemos quando crescemos. Quando adulto, guardamos inúmeros ressentimentos, quase nunca perdoamos ou pedimos perdão, sofremos anos por um amor platônico, e vivemos sempre nos afundando no mesmo erro. Talvez você esteja pensando que temos razão, por os nossos problemas serem bem maiores do que os de uma criança. Sim, pode ser. Mas não importa o tamanho do problema, ele nunca vai tirar o sentido da palavra perdão.
Acontece que o ser humano sempre luta consigo mesmo, para fazer de tudo que não pareça que está abaixo de alguém. Sempre quer ser superior, defendendo sempre as suas razões, e tratando-as como se fosse a coisa mais importante do mundo. E por esse motivo, nunca pede perdão, e escolhe levar consigo mágoas por um longo tempo. Claro, mesmo com um perdão sincero, nunca vamos nos esquecer do que fizeram com a gente. Mas depois, todas as vezes que nos lembrarmos, não vamos esquecer, do ato mais bonito que é o perdão que foi concedido.
Amigo, perdão nunca vai ser sinônimo de fraqueza! Perdão mostra muito mais além... mostra o seu caráter. Portanto independentemente se você tem razão ou não. Se foi a outra pessoa que errou com você. Peça você mesmo perdão, pelas vezes que você nem sabe que errou com o companheiro. Quem te ver como um bobo fazendo isso, pode ter certeza que é apenas alguém que não consegue enxergar além de um palmo de sua mão. Alguém que está muito mais abaixo, do que uma simples criança, que mesmo sem entender direito, está sempre disposto a perdoar e pedir perdão.

Matheus Araujo Dias

segunda-feira, 27 de junho de 2011

O silêncio


O silêncio quando é usado de maneira certa e no momento certo, é a melhor opção. Ele pode representar respeito. Pode representar paciência. Pode encurtar diálogos que fariam mal a você. O silêncio pode zelar a sua imagem. Pode resumir milhões de palavras. Pode decifrar inúmeros gestos. Ele pode representar sua fé. Pode representar sua humildade. Ele tem o poder de falar por si só... Mas, só quando é usado no momento certo.
Em outras ocasiões o silêncio pode ser uma grande tortura. Pode te dizer as mais terríveis verdades. Pode ser uma forma de desprezo. Ele pode trazer milhões de dúvidas que inquietam seu coração por muito tempo. O silêncio pode arquitetar planos que não são compartilhados.
Muitas vezes só fazemos algo quando temos respostas. Somos movimentados sempre a procurar respostas, pra tudo! E geralmente acabamos perdendo a base quando só encontramos o silêncio. O silêncio que te corrói por dentro, e só pára quando decide falar.
É por isso que diversas vezes ouvir um "não" pode não ser tão trágico. Pois o "não" pode te trazer a realidade. É bem melhor ouvir uma voz que diga coisas que a gente não quer ouvir, do que viver na inquietude do silêncio.
Portanto não tenha medo de falar, negar, aceitar, expor. Seja lá qual for sua resposta, sua opinião, sua queixa. Fale! Só não prenda ninguém no seu silêncio, pois ele desgasta as pessoas por dentro.
Pior do que a voz que cala, é o silêncio que fala.

Matheus Araujo Dias

sábado, 25 de junho de 2011

Chegou a hora de mudar



Eu sei que sempre será necessário mudanças, mas se adaptá-las junto com elas pode ser complicado. O ser humano tem o costume de sempre adiar mudanças, sem perceber que isso pode prejudicá-los. Talvez façam isso pelo medo de que essas mudanças podem trazer. Pois elas podem te mostrar que muitas coisas que na vida você confiou nunca fizeram sentido. Talvez por que as mudanças iram te mostrar que aquilo você via como qualidade passou a ser um defeito. As coisas que mais te importavam pode ser coisas simples e sem valor nenhum.  Mais independente das mudanças e as consequência que isso irá nos trazer, temos que sempre ver se isso é o melhor pra nós. Se for pra mudar, vamos procurar crescer, amadurecer. Não adianta ficarmos correndo atrás para as coisas mudarem sem dar liberdade para nós mesmos mudarmos também. As mudanças sempre aconteceram se abrirmos mão de nossas vontades. A mudanças vão muito mais além do que simplesmente mudar a si mesmo. Elas tem a capacidade de destruir tudo aquilo que te destrói. As mudanças mais trágicas e marcantes, são as que te farão crescer cada vez mais.
Não tenha medo das mudanças. Elas podem ser a sua melhor saída para se livrar de muita coisa que lhe faz mal.

Matheus Araujo Dias

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Um pouco mais sobre mim.


Dedicado a: Mariane Raulino (obrigado pelas suas palavras).
Na verdade hoje eu queria falar sobre muitas coisas, mas talvez eu nem venha falar nada pra você por estar escrevendo sobre mim, por uma simples satisfação própria.
Eu não sei mais se as coisas estão valendo a pena. Não sei exatamente aonde estou errando, ou simplesmente não quero enxergar meus erros. Sei que nada a minha volta vai ter mais graça depois de aceitar algumas coisas sobre mim.
A certeza que eu tenho é que eu sou muito de tudo. E isso faz com que as pessoas ao meu redor nunca sejam suficientes e não faça questão de nada. Eu amo por mim e amo muito pelo próximo. Eu não cuido muitas vezes de mim, para cuidar muito do próximo. Eu não satisfaço a mim, para atender e alcançar a satisfação do próximo. Eu não vivo mais por mim, para viver pelo próximo. E sei que isso não está certo!
Chega de tanto engano, de procurar fazer pelos outros. Chega de muita bondade. Já me disseram que tudo que é muito e exagerado torna-se superficial. E por isso não quero ser assim... não posso ser assim! Eu não posso largar meus conceitos e opiniões para agradar alguém! É melhor preservar as minhas certezas, do que preservar pessoas.
Tudo que fiz foi com muita verdade e intensidade, mas chega de sempre oferecer e não receber! Preciso crescer, evoluir. Defender minhas opiniões. O que vier de resto é lucro.
Não quero correr atrás do vento, isso não vai me levar a lugar nenhum. Se vou conseguir, não sei. Mas sei que uma hora ou outra será necessário alguns posicionamentos, nem que eu venha levar muito ainda na cara.

Matheus Araujo Dias

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Falsidade

Dedicado a: alguém sem caráter algum!
Hoje eu vim falar de falsidade, e com certeza falo com muito desprezo. Na minha opinião, falsidade é para aqueles que não tem coragem de dizer as coisas na frente das pessoas, ou não tem uma identidade própria e acaba sendo falsa com o próximo. Ou na verdade falsidade é exatamente para quem não tem o que fazer, e prefere esconder-se através de um posicionamento patético. Sim, claro, nunca vamos gostar de todo mundo, mas se você é contra a alguma coisa de outra pessoa, por que não ficar na sua e defender sua opinião? Sim, pois a melhor forma de defender a sua opinião sobre o que a pessoa é ou faz, é permanecendo calado. Nós não precisamos criticar as pessoas por trás pra mostrar no que acreditamos. E se não gosta de algo em alguma pessoa, pra quê fingir algo que você não é? Pra quê um relacionamento artificial fingindo na frente dela ser quem você não é? O que você ganha com isso? O que as pessoas ganham com isso? Aposto que não é admiração.
Não tenha medo de mostrar quem você é, no que você acredita, quais posicionamentos que você não apoia. Quando não gostamos de alguma coisa, permanecemos longe. E se a pessoa tá bem assim, do jeito que ela é, que bom pra ela! Se ela não estiver, um dia ela vai se tocar. Mas não vai mudar nada você criticá-la por trás, ser outra pessoa! Será que você não percebe que isso te torna ridículo? Ei, vamos acordar, se é pra não ter caráter nenhum, fique na sua. Só não ache que o tempo vai ser capaz de construir algo que preste em você!
Matheus  Araujo Dias

terça-feira, 21 de junho de 2011

O valor do amigo

Dedicado a: Aline J. Rosa.
Uma certeza que sempre teremos é que em nossas vidas ainda vão passar muitas pessoas. Umas vão, outras ficam... E muitas vezes nos vemos olhando para trás e percebendo que já perdemos muitas pessoas, que pensamos que nunca sairiam do nosso lado. Pessoas que fizeram promessa de uma amizade eterna mas que não resistiram por muito tempo. Acontece que nunca paramos pra pensar que em algumas vezes o culpado somos nós mesmos, quando não valorizamos as pessoas realmente importantes do nosso lado. Quando a tratamos com desleixo, e não com a devida atenção que merecia. Jogamos muitas vezes amizades importantes fora por trata-los com indiferença mesmo sem perceber. Quando valorizamos mais outras pessoas que apenas estejam passando pela nossa vida por um determinado tempo.  E uma das coisas mais importantes da nossa vida, é valorizarmos as pessoas que realmente estão ao nosso lado, sem a intenção de ter nada em troca, mas com o simples prazer de andar conosco.
Mas existem diversos motivos para que as pessoas joguem essas amizades importantes fora. Muitas vezes por motivos tolos, nos ofendemos por poucas coisas e acabamos ferindo todos ao redor, dando prioridade ao que sentimos. Ou ás vezes não aceitamos quando o amigo tenta nos trazer de volta a realidade, quando nos nega algo, quando fala a verdade. São coisas tão tolas, mas que tem a capacidade de tirar pessoas pra sempre. Ai depois quando olhamos pra trás e vimos que fomos substituídos não aceitamos. Mas enquanto tínhamos essas pessoas como amigos, valorizamos? Será que não estamos trocando as pessoas por valores pequenos? 
 É importante cuidarmos das pessoas que realmente querem o nosso bem, pois só depois que a perdemos caímos sem si, da falta que faz o cuidado que ela nos tratava. O mesmo cuidado que muitas vezes é difícil encontrar em outro lugar.
Matheus Araujo Dias

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Tá na hora de acordar!

O fato é que eu nunca vou concordar com muitas coisas desse mundo. Por mais que eu tente, não dá! Tudo perdeu seu valor, e as pessoas vivem se enganando e deixando-se cair por qualquer agrado! =/ Será que ninguém vê as coisas que eu vejo? Será que ninguém ainda se importa em dizer um "Eu te amo" sincero? Será que vamos parar de complicar? Acontece que as pessoas acham que não complicar é apenas jogar para o alto, e deixar pra lá! Não, vai muito mais além disso... Descomplicar, muitas vezes é abrir mão daquilo que você queria que fosse, e começar a duvidar das coisas! Os problemas nunca vão se resolverem, se forem jogados para o alto , sempre! Querendo ou não, eles vão voltar, e aprofundar as mesmas feridas passadas!
Por favor, ouçam: Tá na hora de acordar e entender que precisamos sair da posição em que estamos acomodados! Não podemos nos acomodar com o pouco se temos a capacidade de fazer muito! Não podemos aceitar diversas situações se temos a maior arma: o cérebro. Pois só pensando, descomplicando, duvidando é que vamos aceitar para nós apenas aquilo que nos convém, e vamos construir a nossa própria identidade!

Matheus Araujo Dias

sexta-feira, 17 de junho de 2011

É preciso muito mais!

Reflexão baseada na aula de Geografia ( aula sensacional com o prof. Paulo ).
Quando é que as pessoas vão para de olhar para os outros, e começar a observar a si mesmo? Observar que sempre estamos em evolução e precisamos entender que é necessário de muito mais. Nós não somos completos e perfeitos para recusarmos um aprendizado. Precisamos de muito mais... mais respeito, mais solidariedade, mais sabedoria, mais amor, mas cuidado... A verdade é que nós nunca teremos o suficiente e precisaremos sempre de mais! Precisamos estar sempre num processo de crescimento contínuo. Precisamos cobrar de nós mesmos atitudes, decisões, que serão cobradas no futuro.
 Pensando nisso, qual investimento estamos tendo conosco? Onde está a preocupação com nós mesmos? Qual o tamanho da sua preocupação com você? Ninguém pode viver por nós, escolher por nós, agir por nós! Quando vamos procurar fazer as melhores escolhas?
 Nós somos o que temos vontade de ser! Somos do jeito que escolhemos ser! Podemos sim, projetar o nosso futuro, pois tudo que plantamos, colheremos mais pra frente!
 Mas não se esqueça que isso é uma tarefa contínua. Precisamos sempre lembrar a nós mesmo que é preciso muito mais!

Matheus Araujo Dias